As dores que os brasileiros mais sentem

Se você sofre frequentemente com alguma dor no corpo, saiba que está longe, mas muito longe, de ser o único. Uma pesquisa realizada pelo Ibope Conecta, em parceria com a marca Advil, revela que 78% dos 1 500 respondentes disseram ter sofrido pelo menos um episódio de dor de cabeça nos últimos três meses. Além disso, 63% relatam dor nas costas e 61%, incômodos musculares.

Segundo o estudo, o nervosismo parece ser o principal fator que desencadeia a cefaleia, enquanto a encrenca nas costas estaria mais relacionada à má postura. Em um comunicado, o reumatologista Silvio Figueira Antonio afirma: “Quando estamos estressados, nosso organismo libera substâncias que aumentam a sensibilidade à dor”. Fora que, diante de um esgotamento físico e mental, acabamos descuidando da alimentação e do sono, outros fatores que contribuem para o aparecimento e a piora das dores.

Sobre dor de cabeça temos esse artigo que pode te auxiliar com algumas dicas https://www.drmauriciocarvalhofilho.com.br/post/voc%C3%AA-tem-dor-de-cabe%C3%A7a e também esse outro artigo sobre tratamento https://www.drmauriciocarvalhofilho.com.br/post/dor-de-cabe%C3%A7a-pode-ser-tratada-com-fisioterapia

Falando sobre dor nas costas, má postura temos esse artigo https://www.drmauriciocarvalhofilho.com.br/post/postura-errada-pode-causar-dor que você pode tirar suas dúvidas.

Dores musculares são caracterizada por um incômodo em alguma parte do corpo em que existem músculos, principalmente esqueléticos. Veja as áreas em que comumente são sentidas:

  • pescoço;

  • costas;

  • mãos;

  • pernas.

Algumas vezes, elas não significam nada grave, sendo apenas a resposta para algum excesso de esforço.

A dor muscular pode ser reconhecida pela grande irritação no local em que ela está ocorrendo. Isso resulta na limitação dos movimentos feitos pela pessoa, já que, ao se mexer, ela piora. Veja, a seguir, alguns dos sintomas desse problema:

  • dor com sensação de picada, formigamento, comichão, esfaqueamento ou queimação;

  • rigidez, que ocasiona em desconforto e/ou dificuldade ao realizar certos movimentos;

  • sensação de dormência ou formigamento;

  • espasmos;

  • inchaço.

Entretanto, o mais caracterizante é a dor intensa, que pode causar bastante desconforto e impedir que a pessoa realize certos movimentos. A dor muscular pode ser sinal de alguma outra doença, por isso, é importante ficar atento.

Ela ainda pode causar complicações, caso não seja tratada da maneira correta ou a pessoa continue esforçando a região. Confira, a seguir, alguns problemas decorrentes da dor muscular:

  • dor crônica;

  • imobilidade;

  • Dores que não respondem a nenhum tratamento;

  • atrofia muscular;

  • má qualidade de vida;

  • contraturas musculares.

Essas complicações podem ser geradas tanto pela dor em si quanto por doenças adjacentes. Em todo caso, ao perceber esses sintomas, é muito importante que vá ao profissional, como fisioterapeuta, o mais rápido possível.

O tratamento com o fisioterapeuta é traçado após uma avaliação bem feita para entender o motivo da dor e escolher quais técnicas são as mais indicadas para sanar ou diminuir a dor do paciente.

Agora se você está com alguma dúvida mande uma mensagem para podermos conversar e tirar suas dúvidas, se quiser agendar um horário, você pode entrar no link de agendamento on-line ou mandar um whatsapp que respondo o mais rápido possível.


Fonte: https://saude.abril.com.br/medicina/as-dores-que-os-brasileiros-mais-sentem/

https://conteudo.omronbrasil.com/dor-muscular/


#dor #brasilsemdor #dordecabeca #dornascostas #dormuscular #fisioterapiacuritiba #fisioterapia #tratamentoparador

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo